sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Rafael Vianna publica seu 5º livro: "Entre Dilemas Morais, Provas Proibidas, Multiculturalismo e Filosofia - ensaios e discursos reunidos"

O Delegado Rafael F. Vianna publicou, nesta semana, seu 5º livro, intitulado Entre Dilemas Morais, Provas Proibidas, Multiculturalismo e Filosofia: ensaios e discursos reunidos, ISBN 978-85-65271-81-3.
O livro é uma realização da Editora Blanche e traz a seguinte apresentação de conteúdo:
 

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Revista Jurídica Luso-Brasileira publica artigo científico de Rafael Vianna

A Revista Jurídica Luso-Brasileira (RJLB) nº 04, ano 03 (2017), ISSN 2183-539X, trouxe mais um artigo científico de autoria do delegado Rafael F. Vianna, intitulado O caso Manso Preto, o sigilo da fonte jornalística e a proibição de prova no processo penal.
 O artigo já foi apresentado em diversos congressos e eventos jurídicos, podendo ser acessado na íntegra através do link: https://www.cidp.pt/publicacoes/revistas/rjlb/2017/4/2017_04_1177_1251.pdf
A RJLB é uma publicação do Centro de Investigação de Direito Privado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (https://www.cidp.pt/).

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Rafael Vianna e Afonso Ninja participam de cursos de atualização para assumirem o Centro de Operações Conjuntas da SESP

Como preparação para assumirem a coordenação do Centro de Operações Conjuntas (COC) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, o delegado Rafael Vianna e o investigador Afonso Ninja participaram, nos últimos meses, de diversos cursos de atualização na área de operações policiais, planejamento operacional e defesa pessoal.
Em um dos cursos, ministrado pelos instrutores de Kapap-Krav Maga Henrique Lima e Paulo Henrique, Vianna e Ninja revisaram os conceitos básicos de combate com faca, karambit e defesa pessoal, além de aprimorarem táticas e princípios de combate corpo a corpo.
Os treinamentos com arma de fogo foram ministrados pelo próprio investigador e instrutor de tiro e operações policiais Afonso Ninja, contando com a participação de policiais civis, policiais militares e guardas municipais.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Rafael F. Vianna participa do I Congresso de Direito Municipal da AMOP

O Delegado Rafael F. Vianna participou do I Congresso de Direito Municipal da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), evento realizado nos dias 16 e 17 de novembro de 2017, em Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil.
Como presidente de mesa do 2º Painel do Congresso, com o tema "Improbidade Administrativa", Vianna participou dos debates sobre crimes contra a administração pública, direito administrativo, eleitoral e municipal.
O evento contou com a participação de ministros, desembargadores, juízes, advogados e prefeitos municipais, conforme pode-se verificar na foto de abertura do post (em que o Delegado Rafael F. Vianna aparece ao lado do Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, atual Presidente do TRE/PR), no site oficial do evento (http://congresso.amop.org.br/) e na reportagem abaixo:
 

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Delegado Rafael F. Vianna protocola tese de doutoramento na FDUL

O Delegado Rafael F. Vianna, após parecer favorável de seu professor-orientador, protocolou sua tese de doutoramento na Divisão Acadêmica, Setor de Pós-Graduados, da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. A partir de agora, Vianna aguarda designação da banca e marcação da data para a defesa da tese.
A tese, intitulada Uso da Ayahuasca: fundamentos e limites da criminalização do tráfico de drogas em sociedades multirreligiosas, possui 329 páginas e é dividida nos seguintes capítulos:
Introdução
1. Uso ritual de substâncias psicoativas, liberdade religiosa e multiculturalismo
2. Uso religioso da ayahuasca e questões criminais
3. Bens jurídicos e interesses tutelados com o tipo penal de tráfico de drogas e a política-criminal de combate às drogas
4. Conflitos de interesses jurídicos no contexto multicultural
5. Perspectivas para a solução de problemas criminais multiculturais
Conclusão
Referências

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Delegado Rafael Vianna apresenta trabalho no III Congresso Internacional de Direito Constitucional e Filosofia Política

O Delegado Rafael F. Vianna apresentou, durante o III Congresso Internacional de Direito Constitucional e Filosofia Política, evento ocorrido em Curitiba, entre os dias 24 e 27 de outubro de 2017, o trabalho de sua autoria intitulado Pluralismo Jurídico, Novos Direitos e Transconstitucionalismo.
O evento foi organizado por Professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), contando com a participação de estudantes, pesquisadores e conferencistas de diversas nacionalidades.
O resumo do trabalho apresentado por Rafael Vianna, pertencente ao Eixo B (Pluralismo Constitucional), do Grupo de Trabalho VII (Constitucionalismo Latino-Americano e Desigualdade), foi publicado no livro A Desigualdade e a Reconstrução da Democracia Social - Caderno de Resumos, o qual foi coordenado pelos Professores Katya Kozicki, Marcelo Cattoni de Oliveira, Thomas da Rosa de Bustamante e Vera Karam de Chueiri.
O livro está disponível em: https://docs.wixstatic.com/ugd/f4d95c_531e7e2826c7483496cb29ec67d95db8.pdf

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Rafael Vianna participa de Colóquio Brasil-Portugal na Faculdade de Filosofia da UFPR

Nos dias 14 e 15 de setembro de 2017, Rafael F. Vianna participou de um Encontro de Filosofia (XII POL - Pensamento, Objeto e Linguagem) que reuniu professores, filósofos e pesquisadores do Brasil e de Portugal, na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
O evento, organizado e dirigido pelo Professor Doutor Breno Hax Junior (http://www.humanas.ufpr.br/portal/filosofia/professores/breno-hax-junior/), teve como título e tema central Epistemologia e Metafísica, abordando desde a tese da reversibilidade universal e do que é uma estrutura até o presentismo e o problema da referência a entidades passadas.
As palestras e discussões ocorreram na Sala Romero de Barros, no prédio Dom Pedro I, na Reitoria da UFPR.